domingo, 3 de março de 2013

CHAMADA PARA UMA COMEMORAÇAO UNITARIA DO 60° ANIVERSARIO DA MORTE DO CAMARADA STALIN



Em 5 de março seráo 60 anos após a morte do camarada Stalin. Nesta ocasião, nos comunistas queremos lembrar dignamente o seu pensamento e a sua obra. Queremos fazer-o levantando e destacando o seu significado de classe e revolucionário, a actualidade da luta incessante contra o capitalismo e o imperialismo, para o socialismo e o comunismo que o camarada Stalin fez.
Não uma celebração retórica ou historiográfica  então, mas um momento e um aspecto do trabalho que deve ser desenvolvido, de forma combativa e unitária, na situação concreta, para dar uma resposta ideológica e política à ofensiva da classe dominante e reviver as razões da revolução social do proletariado, para construir uma sociedade sem exploração do homem pelo homem, sem crises de superprodução, desemprego crônico, empobrecimento material e cultural, crescente opressão das massas, parasitismo, guerras de rapina, reação desenfreada. Fazemos portanto chamada para uma iniciativa unitaria em ocasião do 60º aniversário, que serà implementada numa prospectiva de encontro aberto e denso sobre as questões que a profunda crise capitalista coloca de novo à agenda da luta de classe dos explotados: a questão da transformação social, do bem-estar dos trabalhadores, o planejamento, a liberdade e a igualdade, a democracia para a grande maioria da população. Nós consideramos que é inadequado e errado, especialmente nas atuais condições de continuas reacionárias agressões da burguesia, alcançar neste prazo iniciativas distintas ou opostas das forças que referem ao movimento comunista e operário. Frente à multidão anti-stalinista, ou seja anticomunista, que a burguesia e os oportunistas levam diante, podemos e devemos dar uma resposta firme e coesa, fazendo pesar a presença dos comunistas na situação italiana. A base política e ideológica comum desta manifestação unitária pode consistir sò no reconhecimento da ditadura do proletariado, que o camarada Stalin tem construído  fortalecido e defendido seguindo os ensinamentos de Marx, Engels e Lênin. Como resultado, na avaliação positiva do seu pensamento, do seu trabalho, sobre o papel que desempenhou na União Soviética e no movimento comunista internacional. Isso leva à afirmação da natureza revolucionária da conquista do poder político pelo proletariado, e no processo de construção de uma sociedade socialista, a necessária substituição da propriedade privada dos meios de produção com a propriedade social e a liquidação de todas as formas de exploração do homem pelo homem, a organização consciente da economia segundo um plano, a fim de satisfazer as crescentes exigências materiais e culturais da sociedade, assim como causa a condenação da derrubada da ditadura do proletariado e da conseqüente restauração do capitalismo, pelos revisionistas ao poder na URSS. Como nos dias de Marx, Engels, Lênin e Stalin tambem hoje a luta contra o revisionismo e os revisionistas da doutrina comunista, responsáveis da derrota do socialismo feito no século XX e agora em aliança com a esquerda burguesa, clerical e capitalista, é essencial para quebrar o sistema capitalista, construir o socialismo e edificar a sociedade comunista. Acreditamos que, nesta base, nada pode justificar iniciativas distintas ou opostas. Uma unica iniciativa nacional em ocasião do 60º aniversário da morte do grande líder bolchevique, não somente poria a figura e a obra de Stalin como o confins mais cortado, o bastião que è presente entre os comunistas e todos os nossos inimigos, mas corresponderia às aspirações de muitos companheiros e trabalhadores. Também ela teria uma importância em termos de debate e cooperação entre as forças que trabalham para o renascimento do movimento comunista e operário. Por isso apelamos à todos os Partidos, organizações e os individuais camaradas comunistas, os trabalhadores avançados, os jovens revolucionários, os anti-fascistas, os anti-capitalistas, os progressistas, todos aqueles que lutam pela liberdade e independência, a democracia e o socialismo, para aderir à esta chamada para realizar unitariamente na primeira semana de março de 2013, em uma cidade que deve ser estabelecida, a conferência nacional "A relevância de Stalin 60 anos depois".
2012/12/21
Plataforma Comunista
Postar um comentário

Documentários e Vídeos

Intelectual da Ucrânia fala sobre as "repressões de Stalin"  ¡Stalin de acero, conciencia del obrero! O nome da Rússia: Stalin, por Valentin Varennikov 

Postagens populares

Seguidores