sexta-feira, 19 de julho de 2013

Nota de repúdio à retenção do navio norte-coreano Chong Chon Gang no Panamá

A Comundiade Josef Stálin reproduz aqui a nota de repúdio da União Reconstrução Comunista, contra o ato desprezível de servidão do governo panamenho, de reter um navio comercial da RDPC. Nos da Comunidade Stálin, manifestamos nossa  incondicional solidariedade ao Governo da República Democrática Popular da Coréia e condenamos veementemente a mais essa afronta do imperialismo a esse povo, que é perseguido pelas garras do imperialismo, pelo fato único e exclusivo de ter resolvido ser um povo LIVRE.




Nota - RECONSTRUÇÃO UNIÃO COMUNISTA

A União Reconstrução Comunista, por meio desta nota, manifesta o seu mais profundo repúdio pela atitude tomada pelo governo panamenho em reter no canal do Panamá o navio norte-coreano Chong Chon Gang, que havia saído de Havana em direção à República Popular Democrática da Coréia. O governo panamenho reteve o navio comercial norte-coreano alegando suspeitas de “transporte de drogas”. Como informado pelo Ministério de Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia, as autoridades panamenhas prenderam o capitão e os tripulantes coreanos, atacando-os com violência.

O governo cubano reconheceu que o navio transportava açucar e armamento obsoleto, que seriam reparados e devolvidos, de acordo com os recentes acordos estabelecidos entre Cuba e RPDC. É certo que o Estado panamenho, fazendo jus a sua posição de país lacaio, agiu sob ordens do imperialismo estadunidense, que se esforça para sabotar a cooperação existente entre a Repúlica de Cuba e a República Popular Democrática da Coreia.

UNIÃO RECONSTRUÇÃO COMUNISTA
Quinta-feira, 18 de julho de 2013   
Postar um comentário

Documentários e Vídeos

Intelectual da Ucrânia fala sobre as "repressões de Stalin"  ¡Stalin de acero, conciencia del obrero! O nome da Rússia: Stalin, por Valentin Varennikov 

Postagens populares

Seguidores