Agora

sábado, 16 de julho de 2011

Comunistas inauguram busto dourado de Stalin na Rússia





Militantes comunistas inauguraram nesta sexta-feira (15) um busto de Josef Stalin na região central da Rússia.
Cerca de 60 idosos participaram da inauguração do busto dourado, que fontes do Partido Comunista disseram ter custado cerca de R$ 12 mil (200 mil rublos), bancados com centenas de doações. A obra está em frente à sede partidária de Penza, a 550 km de Moscou.
Com o peito coberto de medalhas, veteranos da Segunda Guerra Mundial depositaram flores no busto e louvaram Stalin por seu papel na vitória sobre a Alemanha nazista. O porta-voz do partido regional, Vladimir Simadin, disse que muitos veteranos os procuram dizendo que enquanto estiverem vivos vão depositar florem em memória do "Generalíssimo".
Simadin disse que esse é o primeiro monumento a Stalin em Penza desde que as outras estátuas do líder foram retiradas, na década de 1950, época em que os crimes da sua ditadura foram denunciados pelo sucessor Nikita Krushchev. Stalin morreu em 1953.
Nos últimos anos, militantes comunistas ergueram várias estátuas em homenagem ao ditador russo. Segundo Simadin, as estátuas são um lembrete do stalinismo (nome dado ao período que Stalin foi o líder da Rússia)
- Não podemos esquecer a nossa história. O stalinismo foi sem dúvida uma grande era para o nosso país.
Metade dos russos considera que a liderança de Stalin foi positiva para a Rússia, segundo uma recente pesquisa feita pelo Centro Levada, uma entidade independente de Moscou. Mas, em geral, os russos ficam indignados com homenagens a um dirigente que matou milhões de pessoas na década de 1930 por causa dos expurgos, dos campos de trabalhos forçados e dos programas de coletivização.

       Mesmo sendo uma publicação cheia de imprecisões, como o fato de chamar o líder soviético de “ditador russo”, ou citar o insustentável clichê dos "milhões de mortos", porém não podendo ser diferente, quando se trata de uma publicação reacionária, mas serve para mostrar como o povo cada dia mais resgata a imagem e o legado do grande Marxista-Leninista Josef Stalin, demostrando,  que nem com toda propaganda mentirosa, feita pelos inimigos do socialismo, não foi suficiente para  apagar os feitos do grande revolucionário comunista.


       Stalin Vive!

      Comunidade Josef Stalin


Postar um comentário