sábado, 15 de outubro de 2016

DESCONSTRUINDO O MITO DA "DITADURA STALINISTA" EM 3 PASSOS

Via - Em defesa do Marxismo-Leninismo  

DESCONSTRUINDO O MITO DA "DITADURA STALINISTA" EM 3 PASSOS:



Primeiro Passo: Lendo a Constituição de 1936 - URSS
Capitulo 3:

Artigo 34 — O Soviet da União será eleito pelos cidadãos da URSS, por distritos, na base de um deputado para cada 300.000 habitantes.
Artigo 36 — O Supremo Soviet da URSS será eleito por um período de quatro anos.
Artigo 42 — O Soviet da União deverá eleger um Presidente e dois vice-presidentes para o Soviet da União.
Capitulo 4:
Artigo 57 — O mais alto órgão do poder de Estado de uma República Soviética Socialista é o seu Supremo Soviet.
Artigo 58 — O Supremo Soviet de uma República Soviética Socialista deve ser eleito pelos cidadãos da república, pelo prazo de quatro anos. Os cálculos para a representação deverão ser fixados pela Constituição das Repúblicas Soviéticas Socialistas.
https://www.marxists.org/portugues/stalin/biografia/ludwig/constituicao.htm

Segundo Passo: Descontruindo o suposto "Culto a Personalidade" implantado por Stalin:

Palavras do próprio Stalin:
- "Sinceramente, camaradas, devo dizer que não mereço nem metade das coisas lisonjeiras que me foi dito aqui. Pelo que dão a entender, sou um herói da Revolução de Outubro, o líder do Partido Comunista Internacional, o líder do Comunismo, um guerreiro lendário, e tudo mais... Isso é um absurdo, camaradas, um exagero completamente desnecessário. Este é o tipo de coisa costumam dizer no funeral de um revolucionário morto, mas eu não tenho nenhuma intenção de morrer ainda. Na verdade eu era e continuo a ser um dos aprendizes de trabalhadores qualificados nas oficinas ferroviárias em Tbilisi"
- "Me falais de vossa 'devoção' a mim (...), mas eu vos aconselho descartar o "princípio" da devoção as pessoas. Esse não é o caminho bolchevique.Sede unicamente devoto da classe obreira, de seu Partido e seu Estado. Isso é uma coisa boa e útil. Mas não confundais com a devoção das pessoas, esta ninharia vã e inútil, é própria de intelectuais de pouca vontade"
- "Eu sou absolutamente contra a publicação de ‘As
Histórias de Infância de Stalin’. Este livro abunda em inexatidões de fatos, alterações, exageros e louvores desmerecidos. Mas o importante reside no fato de que o livro mostra uma tendência para gravar nas mentes das crianças soviéticas (e das pessoas em geral) o culto da personalidade de líderes, de heróis infalíveis. Isso é perigoso e prejudicial. A teoria dos ‘heróis’ e da ‘multidão’ não é bolchevique, senão uma teoria social-revolucionária. Sugiro queimar esse livro.

Terceiro Passo: Vezes em que Stalin tentou renunciar ao cargo:

- Em 1924, no 13º Congresso do Partido Comunista, Stálin renunciou ao seu cargo, mas o partido negou seu pedido (incluindo Trotsky).

- Em 1934 Stálin novamente solicitou ser removido do cargo, mas o partido rejeitou novamente.

- Em 1946 Stálin e seu governo deixaram o governo, como definido pela constituição de 1936. Mas o partido lhe pediu, no mesmo dia, que ele formasse um novo governo.

- Em 1952, no 19º Congresso do Partido Comunista, Stálin mais uma vez entregou o cargo, o que o partido novamente rejeitou.

Bem ditadorial este Stálin, não?

****

As informações sobre os vários pedidos de renúncia de Stálin são facilmente encontradas na internet. Aqui estão apenas algumas fontes:

Stalin - Short biography (ver notas [3] e [6])
http://www.archontology.org/nat.../ussr/ussr_govt/stalin.php

Stalin and the Struggle for Democratic Reform
http://clogic.eserver.org/2005/furr2.html

Speech at the Plenum of the Central Committee of the Communist Party of the Soviet Union - October 16, 1952 (ver a última fala de Stálin)
http://www.revolutionarydemocracy.org/rdv8n1/stalin.htm

Der Spiegel (em alemão)
http://www.spiegel.de/spiegel/print/d-44437536.html

Secretario General del Partido Comunista de la Unión Soviética
http://es.wikipedia.org/.../Secretario_General_del...

Créditos à Página O Marxista-Leninista pelo terceiro passo.

E ai achou a "Ditadura Stalinista" no meio de isso tudo?

Postar um comentário

Documentários e Vídeos

Intelectual da Ucrânia fala sobre as "repressões de Stalin"  ¡Stalin de acero, conciencia del obrero! O nome da Rússia: Stalin, por Valentin Varennikov 

Postagens populares

Seguidores